Empresa Inspeção em Caldeiras em Goiânia – Goiás

Tudo que sua empresa precisa saber sobre Inspeção em Caldeira em 2020.

Saiba como escolher a melhor empresa em 2020 para proteger as famílias de seus trabalhadores. Segurança de acordo com NR-13.

Nessa página você encontra tudo o que a norma trata, além de informações adicionais de extrema importância para escolher o melhor serviço e a melhor empresa para Inspeção de Caldeira.

Inspeção em Caldeira é importante para todas empresas?

A NR 13 deve ser empregada, obrigatoriamente, nos locais que utilizam algum dos equipamentos tratados por ela, uma vez que tais equipamentos devem seguir a todas as suas disposições, no intuito de garantir a segurança dos colaboradores, de seu patrimônio, de seu processos produtivo e, ainda, evitar a aplicação de multas ou penalidades.

Alguns dos segmentos de mercado que devem seguir esta norma são:

Segmentos
Indústria AlimentíciaFrigoríficos
Indústria de LaticíniosHotéis
Indústria FarmacêuticaLavanderias
Indústria ExtrativaRestaurantes
Indústria PetroquímicaHospitais

O que é a Norma NR-13?

A Norma regulamentadora número 13, ou NR 13, é a norma elaborada pelo até então Ministério do Trabalho, atualmente incorporado ao Ministério da Economia, através da Secretaria de Segurança e Saúde do Trabalho, para tratar sobre caldeiras, vasos de pressão, tubulações e tanques metálicos, visando à saúde e segurança dos trabalhadores.

Segundo o item 13.1.1, essa é a norma regulamentadora que:

Estabelece os requisitos mínimos para gestão da integridade estrutural de caldeiras a vapor, vasos de pressão, suas tubulações de interligação e tanques metálicos de armazenamento nos aspectos relacionados à instalação, inspeção, operação e manutenção, visando à segurança e à saúde dos trabalhadores.

Quais equipamentos precisam ser inspecionados?

A NR 13 trata de caldeiras a vapor, vasos de pressão, suas tubulações e tanques metálicos de armazenamento. O que a norma diz em 13.4.1.1:

Inspeção em Caldeira
Foto de uma Caldeira
São equipamentos destinados a produzir e acumular vapor sob pressão superior à atmosférica, utilizando qualquer fonte de energia, projetados conforme códigos pertinentes, excetuando-se refervedores.

De quanto em quanto tempo eu preciso fazer a inspeção em caldeira?

Ainda no item 13.4.1.1 a norma determina que:

Devem ser submetidas a inspeções de segurança inicial, periódica ou extraordinária.

O item 13.4.4.3 exige que a caldeiras passem, obrigatoriamente, por Teste Hidrostático em sua fase de fabricação. Caso não tenha comprovação documental de que esse teste tenha sido realizado, o item 13.4.4.3.1 informa que:

  • Para caldeiras fabricadas ou importadas a partir de 28 de abril de 2014, o teste deve ser feito durante inspeção inicial;
  • Para caldeiras em operação antes de 28 de abril de 2014 a execução do teste fica a critério do PH e, caso necessária, deve ser realizada até a próxima inspeção interna.

A periodicidade da inspeção das caldeiras é definida no item 13.4.4.4, onde determina os prazos:

  • 12 meses para caldeiras de categoria A e B;
  • 15 meses para caldeiras de recuperação de álcalis.

Quando a empresa possui SPIE, a periodicidade é diferente, e está definida do item 13.4.4.5:

  • 24 meses para caldeiras de recuperação de álcalis;
  • 24 meses para caldeiras de categoria B;
  • 30 meses para caldeiras de categoria A.

Em 13.4.4.12 determina-se que a inspeção de segurança extraordinária deve ser feita nas seguintes oportunidades:

  • Sempre que o equipamento for danificado de forma que comprometa a segurança;
  • Quando o equipamento for submetido a reparos ou alterações capazes de alterar sua condição de segurança;
  • Antes de ser recolocada em funcionamento, após mais de 6 meses inativa;
  • Quando houver alteração do local de instalação.
Inspeção em Caldeira
Imagem de uma Caldeira

Conheça os 6 Documentos obrigatórios relacionados a Inspeção de Caldeira que sua empresa precisa

O item 13.4.1.6 da NR 13 informa que a caldeira deve possuir, em seu local de instalação, uma série de documentações atualizadas, que são:

  • Prontuário da caldeira: conjunto de documentos e registros do projeto de construção, fornecido pelo fabricante, contendo o código de projeto e ano de edição, especificação dos materiais, procedimentos utilizados na fabricação, montagem e inspeção final; metodologia para estabelecimento da PMTA; registros da execução do teste hidrostático de fabricação; conjunto de desenhos e demais dados necessários para o monitoramento da vida útil da caldeira; características funcionais; dados dos dispositivos de segurança; ano de fabricação e categoria da caldeira. O prontuário deve ser reconstituído por PH, quando inexistente, extraviado ou sofrer alterações em suas condições originais;
  • Registro de segurança: registra as ocorrências que influenciam nas condições de segurança da caldeira, bem como a realização das inspeções de segurança inicial, periódica e extraordinária, constando a condição operacional da caldeira;
  • Projeto de instalação: é de responsabilidade de PH, e deve obedecer aos aspectos de segurança, saúde e meio ambiente previstos nas normas regulamentadoras vigentes. Além disso, deve conter o posicionamento dos equipamentos e sistemas de segurança dentro das instalações e, quando aplicável, os acessos aos acessórios dos mesmos (vents, drenos e instrumentos). Integra o projeto de instalação o inventário de válvulas de segurança com os respectivos DCBI e equipamentos protegidos;
  • Projeto de alteração ou reparo (PAR): concebido ou aprovado por PH, quando as condições de projeto forem modificadas ou quando realizarem reparos que comprometam a segurança da caldeira;
  • Relatório de inspeção de segurança: deve conter os dados do equipamento, resultados provenientes da inspeção, além de datas, registro fotográfico, testes e ensaios realizados, recomendações/providências necessárias e parecer conclusivo de sua integridade estrutural;
  • Certificados de calibração: documento que registra os resultados da calibração, identificando se os instrumentos utilizados estão aptos para o processo no qual estão inseridos. Devem conter: dados do instrumento, dados dos padrões, procedimento de calibração e resultados obtidos.

Vale lembrar:

Dispositivos de segurança obrigatórios

Os tanques devem possuir dispositivos de segurança contra sobrepressão e vácuo conforme os critérios do código de projeto utilizado, ou em atendimento às recomendações de estudo de análises de cenários de falhas. Além disso, os tanques devem possuir instrumentação de controle conforme definido no projeto de processo e instrumentação.

Documentos obrigatórios

De acordo com o 13.7.1.4 da NR 13, os estabelecimentos que possuam tanques metálicos, devem possuir os seguintes documentos atualizados:

  • Folha de dados, com especificações necessárias ao planejamento e execução da sua inspeção;
  • Desenho geral;
  • Projeto de alteração ou reparo (PAR);
  • Relatório de inspeção de segurança;
  • Registro de segurança.

Qual o profissional habilitado para fazer a inspeção em caldeira?

A realização da inspeção de segurança é um serviço extremamente complexo e, obviamente, não pode ser realizada por qualquer profissional, mas qual ou quais os profissionais que estão aptos a realizar inspeção em caldeiras, vasos de pressão, tubulações e tanques metálicos?

Artigo escrito após um treinamento sobre a atualização da NR-13 que participei, após a sua grande revisão de 2018, um dos instrutores que foi responsável por ministrar uma parte do treinamento era o Almir Chaves. Para quem não sabe, o Almir é Auditor Fiscal do Trabalho no Distrito Federal e é o atual coordenador da CNTT (Comissão Nacional Tripartite Temática) que trata sobre a NR 13. Ou seja, provavelmente ele é uma das pessoas que mais entendem da NR-13 no país. Nesse treinamento, ele elucidou essa questão e trouxe algumas informações que ajudam a entender, quem é o PH (Profissional Habilitado, conforme trata a própria NR 13).

Na teoria, o PH é o profissional responsável por atestar que uma caldeira, vaso de pressão, tubulação ou tanque metálico esteja apto a operar com segurança. Independentemente do uso do termo PH, esse profissional foi previsto na Lei nº 6.514/1977, que estabeleceu o Art. 188 no Capítulo V da CLT:

As caldeiras serão periodicamente submetidas a inspeções de segurança, por engenheiro ou empresa especializada, inscritos no Ministério do Trabalho, de conformidade com as instruções que, para esse fim, forem expedidas.

O termo PH surgiu apenas com a grande revisão da NR 13 de 1994 (Portaria SSST nº 23, de 27 de dezembro de 1994).

Como achar a empresa certa para realizar a inspeção em caldeira e garantir que está fazendo a ESCOLHA certa em relação a vida de Seus colaboradores?

Com tantas universidades de engenharia mecânica abertas atualmente, o número de profissionais na área tem crescido consideravelmente. Tendo isso em vista, como saber qual profissional ou empresa é adequado para realizar uma boa inspeção? Segue o Guia com 3 Dicas Essenciais e Obrigatórias para acertar na escolha de uma empresa de engenharia para inspeção em caldeira em sua empresa:

DICA DE NÚMERO 1 – Empresa para Inspeção em Caldeira

Em primeiro lugar, tente procurar uma empresa especializada nesse tipo de serviço. A probabilidade de uma empresa ou profissional especializado ser de qualidade e fazer a coisa da maneira como ela deve ser feita é muito maior que uma empresa ou profissional generalista.

Existem muitas empresas que fazem projetos, dão treinamentos, consultoria, manutenção, instalação e uma série de outras coisas. Aí você pergunta: “fazem inspeção também?” e elas respondem “claro que fazemos. Temos um engenheiro mecânico.” Fuja delas! Não que sejam empresas ruins, mas, a menos que seja uma empresa de grande porte, que tenha condições de manter profissionais capacitados e especializados em cada uma dessas áreas, a chance de contratar uma inspeção de um especialista em inspeções e receber uma inspeção realizada por um profissional que apenas entende superficialmente de inspeções é grande. Isso é óbvio, pois, para uma empresa conseguir operar em tantas frentes, a menos que seja de grande porte, ela deve possuir profissionais que “sabem de tudo um pouco”, mas “não sabem muito de coisa alguma”.

Não é porque ele é engenheiro mecânico e tem o CREA ativo que ele vai ser especialista em inspeções de segurança em caldeiras e vasos de pressão. Para tal, ele deve ter realizado cursos e treinamentos na área, deve ter grande experiência e conhecimento no assunto. Busque por empresas especialistas. Empresas que trabalhem apenas com inspeções ou com atividades relacionadas: NÃO ARRISQUE OU BRINQUE COM A VIDA DE PESSOAS.

DICA DE NÚMERO 2 – Empresa para Inspeção em Caldeira

Busque empresas referência no mercado. Olhe quais os clientes dessa empresa e julgue você mesmo. Se ela atende grandes empresas por muito tempo, provavelmente ela deve ser uma boa empresa, caso contrário, dificilmente seria mantida por clientes tão exigentes. Peça referências, pegue o contato de, pelo menos, uns três clientes dessa empresa e ligue. Pergunte como é o atendimento, como é o preparo do profissional, qual o nível de documentação entregue e tire suas próprias conclusões.

DICA DE NÚMERO 3 – Empresa para Inspeção em Caldeira

Além da especialização, observe o tempo de mercado. Muitas empresas estão surgindo, mas será que elas têm a expertise necessária para um assunto tão complexo como a inspeção de caldeiras e vasos de pressão? Após realizar toda essa análise e entender que a empresa atende a todos os critérios aqui expostos, provavelmente seus equipamentos estarão em boas mãos e passarão por uma boa inspeção, o que fará com que eles operem seguros e em conformidade com a legislação em vigor.

joao-pedro-bravo
João Pedro Bravo
Engenheiro de Inovação

Sobre o Engenheiro autor desse conteúdo especial e exclusivo sobre como escolher uma excelente empresa de inspeção de caldeira

João Pedro Bravo é Engenheiro Mecânico formado na 1ª turma de Engenharia Mecânica da UFG. Trabalhando com inspeções desde 2013, possui cursos de especialização no IBP (Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis) que é a referência nacional na área de inspeções. Já participou, direta ou indiretamente, de mais de 240 inspeções em caldeiras, mais de 2.700 inspeções em vasos de pressão e do treinamento de mais de 400 pessoas.

Com um MBA de Inovação, Empreendedorismo e Estratégia competitiva na bagagem, é aficionado por desenvolver soluções criativas e inovadoras que tem como finalidade principal mudar a maneira como a engenharia é oferecida, gerando mais valor às empresas que atende. Já impactou mais de 260 empresas (em sua maioria, indústrias), que já economizaram mais de 26 milhões de reais com a metodologia inovadora que desenvolveu.

Atualmente cursando um MBA de Gestão Comercial e Inteligência de Mercado, atua como Engenheiro de Inovação e Desenvolvimento de Novos Negócios na Artemec Engenharia, com a finalidade de expandir a empresa e levar às indústrias as soluções em NR 13 que desenvolve.

Quem é a Artemec? O que fazemos de diferente?

A Artemec atua no mercado nacional oferecendo o melhor em Inspeção de Segurança, Treinamentos e Laudos Técnicos.

Empresa Goiânia

Com mais de 30 anos de mercado e sediada em Goiânia – GO, a Artemec Engenharia atua em todo o território nacional oferecendo o melhor em Inspeções de Segurança e Treinamentos, tornando-se referência nesse setor. Durante esse tempo, vem construindo sua história buscando a satisfação de seus clientes, entregando-lhes qualidade, agilidade e segurança, garantindo o atendimento às legislações.

Saiba um pouco sobre os dados de destaque de nossa empresa no mercado goiano:

Caldeiras Inspecionadas: 245
Vasos de Pressão Inspecionados: 2.853
Não conformidades levantadas: 4.223
Valor economizado: R$ 35.198.272,13(desde maio de 2018)
Colaboradores Treinados: 431
Empresas atendidas: 267 (04/2014 para cá)
Atuação no Mercado: +30 anos

Atendemos todo o mercado goiano, atenção as cidades:

Goiânia – GO
Av. São João, 200 ∙ Vila São João CEP: 74.815-475

Rio Verde – GO | Anápolis – GO | Aparecida de Goiânia – GO | Jataí – GO | Cristalina – GO | Itumbiara – GO | Trindade – GO | Mineiros – GO | e outras.

Conheça Nossos Clientes

A Artemec conta com uma vasta lista de clientes, englobando empresas de expressão regional, nacional e internacional em diversos segmentos, entre eles: alimentício, hospitalar, farmacêutico, laticínios, hotelaria, mineração e siderurgia e outros mais. Nosso principal objetivo é atender às solicitações de nossos clientes com agilidade, qualidade e comprometimento que merecem, buscando sempre a satisfação e estreitamento de nossa relação.

Ligue Agora
1
FALE COM UM ESPECIALISTA EM NR 13.

(62) 3609-0001